A utilização de impressão 3D no contexto pedagógico

Edição: 
Data de início/fim: 
Sexta, 16 Setembro, 2022 - 15:00 - 16:00
Duração (horas): 
1
Nome do(s) Formador(es): 
Ricardo Simões
Instituição do(s) Formador(es): 
Instituto Politécnico do Cávado e Ave
Biografia: 
Ricardo Simões é Professor Coordenador com Agregação no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA). É doutorado em Materials Science and Engineering pela University of North Texas (EUA), e possui Agregação pela Universidade do Minho. Nos últimos anos esteve ligado a vários projetos na temática de aplicação de materiais plásticos e desenvolvimento de produto, particularmente nas áreas de dispositivos médicos, automóvel, e ambiente. As suas áreas de investigação atuais incluem “Engineering Design” e “Design Circular com Plásticos”. Tem 87 publicações em revistas científicas, 17 capítulos de livro, 100 publicações em atas de conferências internacionais, 2 livros editados, e já fez mais de 70 apresentações orais em conferências internacionais.
Vagas: 
50
Descrição: 
A impressão 3D tem vindo a tornar-se cada vez mais presente nas nossas vidas ao longo da última década, quer na vertente industrial (muito para além de simples prototipagem, sendo já muito usada para produção de pequenas séries finais, gabaris, etc), quer na dimensão pessoal (dado que o custo atual de muitos modelos permite ter em casa uma impressora 3D). Muito pode também ser feito na vertente pedagógica e educacional com recurso à impressão 3D em qualquer área científica, para além do ensino da própria tecnologia subjacente. A impressão 3D permite fazer pequenos modelos ilustrativos (p.ex. estruturas atómicas, geometrias, sistema solar), demonstrativos (desde transmissão mecânica em motores até o funcionamento de órgãos em seres vivos), e experimentais (p.ex. equilíbrio de massas, binário/momento, ou mesmo instrumentos de som). Tais modelos 3D aumentam a interatividade do ensino, promovem active learning e student engagement, e a combinação de uma componente visual com a componente táctil reforça a aprendizagem.